segunda-feira, 19 de junho de 2017

Num mundo especial

A turma F 2A entrou em palco com uma apresentação que queria, acima de tudo despertar os todos os sentidos para as diferenças.
"Num Mundo Especial" foi uma apresentação inspirada na fantástica cantora e "tradutora" da língua Gestual. Os alunos, de forma simples, quiseram contar a história de um grupo de meninos diferentes: um surdo, outro cego, outro em cadeira de rodas, um com deficiência motora, outro com baixa visão e outro com dificuldades auditivas. Este grupo de meninos ao encontrar-se com as outras crianças (ditas normais), são rejeitadas. Ficam tristes e paradas. Entra uma fada e juntos cantam "Longe do Mundo" (do Corcunda de Notre Dame). A fada faz uma magia em cada um dos meninos diferentes, eles libertam-se dos adereços que representam as diferenças e, todos juntos, cantam "O Som e o Silêncio". Esta canção foi acompanhada pela letra em língua gestual e muita emoção.
Os alunos apelaram aos direitos da criança e à proteção paternal. Cantaram a música de Miguel Araújo "Balada Astral". Terminaram a sua apresetação com a colaboração de uma mãe que cantou "Meu amor pequenino" da Mariza, enquanto os alunos abriam faixas de agradecimento.
Um momento maravilhoso, repleto de emoção e sentimento.




quinta-feira, 15 de junho de 2017

Passeio a Samil

O passeio de final de ano do Agrupamento foi a Samil.
Mal chegamos, o ataque ao protetor solar foi necessário uma vez que a hora de maior calor se aproximava. Depois de uns breves momentos a arrumar, as crianças deliciaram-se nas piscinas onde reinava a alegria.
Perto da hora de almoço recolheram-se às toalhas para secar e almoçar (cedo), de forma a cumprirem as 3 horas de digestão. 
Depois de brincadeiras à sombra, os meninos foram brincar na areia sempre com vigilância apertada de todos os adultos. Foram molhar os pés ao mar e voltaram para as piscinas para mais uma horinha de brincadeira e plena diversão.
Depois de se secarem, ainda tiveram direito a um geladinho, mais umas brincadeiras e toca a arrumar tudo para regressarmos.
O cansaço era muito e foram vários os alunos que adormeceram e descansaram até chegarmos à escola.
Um dia bem passado, muitíssimo cansativo para os professores (devida à responsabilidade), mas muito animado e divertido para as crianças.














quinta-feira, 1 de junho de 2017

Pintura em tela

Dia 1 de junho, Dia Mundial da Criança, o dia ideal para termos uma atividade diferente, descontraída, mas que requer muita atenção, cuidado e aprendizagem.
Vamos pintar!
Vamos pintar telas, usando utensílios acessíveis para pintar: esponjas, esfregões, escova de dentes ...
Regras básicas:
- o pincel deve ser usado (e segurado) como se fosse um lápis, como o prolongamento da mão.
- A mão, quando segura no pincel para pintar, deve estar apoiada na mesa ou na tela.
- Um pincel sem tinta, não pinta!!! É necessário estar constantemente a molhar o pincel na tinta.
- Diferentes pincéis fazem diferentes efeitos.
- Na natureza não há zonas de cor uniforme. As zonas pintadas devem ter mistura de diferentes tonalidades.

O céu, pintado com esponja, deve ter os cantos superiores mais escuros. É no centro que incide a luminosidade do observador.

As nuvens são manchas brancas que se esbatem (com trincha macia ou esponja) na parte inferior, dando lhe até um efeito de nevoeiro.
  
A relva ou vegetação da parte inferior pode ser aplicada com esponja e, por cima, com a escova de dentes, fazer efeitos de relva, erva ou pequenos arbustos. Deve-se utilizar uma mistura de cores: azuis, amarelos e brancos. No centro com traço livre pinta-se a estrutura da árvore.

No tronco da árvore deve-se aplicar algum efeito de luminosidade que lhe confere o volume. Com a escova de dentes vão-se aplicando camadas de cor sobrepostas com textura de forma a que se assemelhe, visualmente, a folhas.

Tela de motivação terminada.



                                          As mesas e a sala estavam num estado...Assustador!



Mas, finalmente, acabadas!
O meu orgulho!
Meninos de 7 e 8 anos pintarem com esta categoria...
















quinta-feira, 18 de maio de 2017

Dia de aulas ao ar livre

Hoje, 18 de maio, celebra-se o Dia de Aulas ao ar livre.
A brincar também se aprende!
Divididos em grupos trabalhou-se o espírito de equipa, a colaboração e a entreajuda. As atividades estavam distribuídas em 12 desafios: cálculo de perímetros, efetuar cálculos, procurar palavras no dicionário, encontrar verbos num texto, identificar animais e plantas terrestres e aquáticas, responder a adivinhas, construir formas com elementos naturais, desenhar, saltar à corda, marcar pontos com a bola, dramatizar... 12 desafios ricos em aprendizagens e altamente divertidos!
Uma atividade para repetir!













O 1º ano, num momento de pausa

A animação também reinava na turma de 1º ano.




Pelas minhas mãos...

Eu...